Google tradutor

Ricardo Eletro

Bahia: um aperitivo indigesto para o Palmeiras

O esquadrão voltou a fazer uma boa partida fora de casa e, por muito pouco, não conquistou mais três pontos na tabela. Valeu o empate, para calar a imprensa paulista que cogitou que o tricolor seria um aperitivo para o Palmeiras.

No jogo, o tricolor se defendeu bem, tanto que os principais lances palmeirenses saíram em chutes de longa distância, inclusive as duas bolas que se chocaram contra a trave de Marcelo Lombar no primeiro tempo. O tricolor, por sua vez, explorou bem os contra-ataques, criando duas boas chances no primeiro tempo e três grandes oportunidades, além do gol, no segundo tempo.

Novamente uma bobeira na marcação pela esquerda resultou no gol adversário. Mas em boa cobrança de falta na área, Titi cabeceou de forma certeira e empatou o jogo. O gol tricolor, diga-se de passagem, foi em lance irregular. O jogador Titi estava adiantado, mas pouco importa. Tantas vezes prejudicaram o Bahia, hoje foi a vez do tricolor ser beneficiado.

Para o time, minha nota 8,0. Boa marcação e poder de ataque com qualidade. Faltou um pouco de capricho na pontaria. Diones perdeu o gol mais feito do Bahia no campeonato. Cabeceou de forma muito equivocada na porta do gol, com o goleiro Marcos totalmente abatido. Mas foi um jogador importante.

Ávine continua devendo e muito. Aliás, deixou o cruzamento sair para o primeiro gol do jogo e fez uma falta desnecessária aos 47 minutos do segundo tempo, expondo o Bahia ao risco da cobrança de falta de Marcos Assunção. Graças a Deus, a bola foi na barreira. Jóbson continua ansioso e errando o último passe, em momentos decisivos, tentando um drible a mais. Isso tem prejudicado o Bahia. Para René Simões, uma nota 9,0. Hoje ele acertou bastante, inclusive na escalação da melhor formação que o Bahia já conseguiu mandar a campo neste Brasileirão.

O empate foi um bom resultado, considerando o adversário e o jogo equilibrado. O tricolor abre cinco pontos de vantagem para a zona de rebaixamento e continua na zona de classificação da Sulamericana. O Bahia enfrenta agora o Santos, em PituAÇO, no domingo. Vai ser um jogão, com ingressos quase esgotados.

Vinicius Brandão Futebol Bahiano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail