Google tradutor

Ricardo Eletro

Distrito Federal vai à China por evento de R$ 1 bilhão

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), está na China hoje em busca de uma utilidade para o estádio de futebol de 70 mil lugares e R$ 671 milhões que será erguido em Brasília para partidas da Copa de 2014.
A capital federal apresentou candidatura para os Jogos Mundiais Universitários (também chamados de Universíade) de 2017, na cidade de Shenzhen, onde ocorrerá a edição deste ano. A abertura seria nesta madrugada.
O governo chinês estima ter gasto pelo menos R$ 1 bilhão para receber os 10 mil competidores de 152 países. Serão 24 modalidades.
Brasília concorrerá com Taipé (Taiwan) e Kocaeli (Turquia) e enviou comitiva com seis pessoas, entre eles funcionários do Ministério do Esporte. Os brasileiros, contudo, não informam o essencial: quanto vão custar os Jogos, quais estruturas serão utilizadas e quem bancará.
A principal justificativa apresentada por Agnelo e distribuída por sua assessoria é o estádio Mané Garrincha.
"A capital federal irá fechar um calendário para o Estádio Nacional de Brasília, que, entre 2013 e 2017, estará inserido no circuito internacional de eventos esportivos", explicou o governo, em nota, citando a Copa das Confederações (2013), o Mundial (2014), a Copa América (2015), a Olimpíada (2016) e, finalmente, a Universíade (2017).
O Ministério do Esporte admite que não tem todas as informações sobre o projeto. "A estratégia da candidatura encontra-se em estudo", afirmou a pasta, via assessoria.
O COB (Comitê Olímpico Brasileiro), que, por lei, repassa verba pública ao desporto universitário, afirmou não ter sido consultado.
O governo do DF afirma que uma das exigências para receber a Universíade é que representantes da cidade estejam em Shenzhen.
Brasília previu construir uma arena com 70 mil lugares com o objetivo de realizar a abertura da Copa de 2014.
Porém a chance diminuiu desde que o Comitê Organizador Local do Mundial sinalizou que o jogo inaugural deve ocorrer em São Paulo.
A escolha da sede da Universíade de 2017 sairá em novembro. 
Folha
DANIEL BRITO
DE SÃO PAULO


Alan Marques - 20.jun.2011/Folhapress
Obras no estádio Mané Garrincha, em Brasília
Obras no estádio Mané Garrincha, em BrasíliaFolha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail