Google tradutor

Ricardo Eletro

POLÍCIA CIVIL APRESENTA MAIS DOIS ACUSADOS DA MORTE DE PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DE CAÉM.

A polícia civil de Jacobina apresentou em entrevista coletiva realizada no complexo policial da cidade dois homens que foram presos em uma operação sigilosa realizada na zona rural do município de Várzea da Roça durante a tarde de ontem, 02.
Os dois presos , identicicados como Celivaldo Pereira do Carmo, o "Bode", de 40 anos, e Valter Pereira da Silva, o Valtinho, 41 anos, moradores de Várzea da Roça, são primos e acusados de terem participado da emboscada que culminou com a morte do vereador e então presidente da câmara municipal da cidade de Caém, João de Quinho , ocorrida dia 7 de abril deste ano. Durante a entrevista os dois confessaram a participação no crime mas disseram que o disparo que vitimou fatalmente o Edil foi efetuado por um homem identificado como Eduardo Cerqueira, vulgo Budunga, que conseguiu escapar do cerco policial realizado em uma pripriedade rural próximo a barragem de Várzea da Roça, já na divisa com o município de Serrolândia. Os dois disseram que receberam R$ 2.000,00 pagos em parcelas e que foi dividido entre os três. Segundo o delegado titular de Jacobina, que comandou a operação, nada muda nas investigações, que continuam sendo realizadas no intúito de localizar e prender o Budunga, que seria a última peça do quebra-cabeças para o fechamento do processo investigativo.

Bahia Acontece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail