Google tradutor

Ricardo Eletro

Tacima-PB. Agricultor é morto a facadas e tem arma cravada no rosto (Imagens fortes)

Um crime bárbaro chocou os moradores da pequena localidade  de Lagoa do Combre, zona rural de Tacima  na tarde desta segunda-feira (02). A crueldade com a qual a vítima foi morta chamou a  atenção da polícia e  de  curiosos que estiveram  no local.

O agricultor Francisco Viana de Oliveira, “Chico”, 56 anos, residente na localidade de Lagoa do Combre, zona rural de Tacima, foi assassinado a golpes de faca peixeira no início da tarde desta segunda-feira (02). O crime ocorreu próximo a divisa da Paraíba com o município de Nova Cruz, no agreste potiguar.

De acordo com as informações, a vítima passou a manhã bebendo em um bar nas proximidades, na companhia do seu cunhado, José Gomes Oliveira, 46 anos, residente na mesma localidade, acompanhados com Gilberto Adalto das Neves, “Beto”, 38 anos, residente em Carnaúba, também na zona rural de Tacima.

Beto contou que saiu do bar juntamente com Chico e José. No meio do caminho resolveu se adiantar deixando Chico e o cunhado para trás e só veio tomar conhecimento do ocorrido por volta das 16h00, através de um policial.  A principal testemunha disse ainda que em momento algum presenciou discussão  entre  os dois.

Como José, cunhado da Vítima, não foi localizado, ele passou a ser o principal suspeito de ter assassinado Chico.

O corpo do agricultor foi encontrado com várias perfurações de faca peixeira. O autor do crime deixou a faca cravada no rosto de Chico que morreu há poucos metros de onde, supostamente, sofreu os primeiros golpes. A esposa da vítima disse que a faca peixeira pertencia a vítima.

A vítima deixou três filhos e no último domingo (01/01/2012) completou 25 anos de  casado com a senhora Luiza que, esteve no local e lembrou as tantas vezes que pediu para  seu esposo para  de beber. Informações dão conta de que Chico, muito embora fosse trabalhador, bebia constantemente.
Policiais do 8º BPM-RN, sob o comando do Ten. Jorgivan, estiveram no local para o isolamento da área e realizaram  as primeiras diligências; sem êxito. Momentos depois o SD Jeremias, chegou ao local com uma guarnição para aguardar a chegada da perícia. 

Até o fechamento desta matéria o suspeito do crime  não tinha sido localizado. 

O corpo da vítima foi encaminhado para o GEMOL ( gerência executiva de medicina e odontologia legal) de Guarabira para o exame cadavérico.  
 http://www.ararunadaserra.com

Cenas Fortes. 

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail