Google tradutor

Ricardo Eletro

Trabalhador rural do município de Lajedo do Tabocal teve parte de suas melancias envenenadas enquanto viajava

 
 
Usaram seringa para envenenar melancias
 
O trabalhador rural Luiz Novaes Santos, que tem roças de melancia na propriedade do Sr. Vivaldo Paulo Novaes, aqui no município de Lajedo do Tabocal, esteve na manhã desta segunda-feira (13), na delegacia de Policia Civil, para prestar queixa. Luiz disse a policia que deixou na tarde de sexta-feira (10), cerca de 40 melancias em um deposito do dono da fazenda, e viajou, ao retornar na tarde de ontem, percebeu que 15 delas estavam derretendo, e todas com furos de agulha de seringa, ao cheira-las percebeu que a causa do derretimento foi provocado por um veneno injetado através de seringa por alguém em uma ação criminosa. Ele comunicou o caso ao Sr. Vivaldo, que não tinha conhecimento dos fatos e não suspeitou de ninguém. A Polícia Civil recolheu materiais de uma das melancias envenenadas para ser encaminhado para pericia no DPT Departamento de Polícia Técnica de Jequié, para que seja descoberto que tipo de veneno foi injetado. O dono da das melancias já tem suspeita de uma pessoa que será investigado pela polícia. Se o veneno colocado nas melancias não tivessem provocado o processo de derretimento e fossem levadas até a feira livre do município para vendas, com certeza teria colocado a vida de muitas pessoas em risco.
 
Reporte Tatu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail