Google tradutor

Ricardo Eletro

PMs DE ILHÉUS FAZEM SEGUNDA GREVE, SÓ QUE AGORA É DE FOME



Os policiais militares Walker Cerqueira, Fábio Dourado, Flavio Rogério, Robson Santana  e Fábio Alves, que estão detidos no Batalhão-Escola da PM em Ilhéus, iniciaram uma greve de fome em protesto à demora do julgamento dos seus Habeas Corpus, os quais foram impetrados dois dias após suas prisões. A data da greve de fome foi escolhida porque já completaram 30 (trinta) dias de prisão. A notícia já se espalhou em todos os canais de comunicação, e provavelmente repercutirá mal para o país que espera sediar as Olimpíadas e a Copa do Mundo. Na foto do Tribuna Geral, PMs presos e familiares em visita no interior do refeitório do Batalhão Escola de Ilhéus, local onde eles estão se recusando a fazer as refeições.
 
 http://www.tribunageral.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail