Google tradutor

Ricardo Eletro

MENINO DADO COMO MORTO LEVANTA DO CAIXÃO PEDIU ÁGUA

 

Criança de 3 anos Pará - Uma situação no mínimo estranha está sendo investigada pela Polícia Civil de Icoaraci, distrito de Belém. Uma criança, que havia sido declarada morta, teria dado sinais de vida dentro do caixão, em seu próprio velório. Segundo o pai, a criança chegou a falar com a família e pediu água. Na manhã desta terça-feira (5), a família realiza um protesto em frente ao Hospital Abelardo Santos, onde a criança foi atendida.
De acordo com a família, o caso aconteceu ainda na madrugada do sábado (2), na casa onde morava, na ilha de Cotijuba. O menino Kelvin Santos, de 2 anos e três meses, declarado morto por médicos do Hospital Abelardo Santos, em Icoaraci, na sexta-feira (1º), deu os primeiros sinais de vida. 'A tia dele percebeu que ele ainda estava respirando e, um pouco depois, abriu os olhos', disse o pai, o agricultor Antônio Santos, afirmando que os primeiros sinais de vida foram percebidos por volta das 0h40. 
Depois disso, segundo o pai, a criança teria retornado a um estado imóvel, como se estivesse realmente morta. O velório então seguiu seu curso até por volta das 15h, quando outra situação inesperada aconteceu. Segundo o pai, o menino levantou do caixão e disse 'Pai, quero água', relatou. Ainda assustado com o fato, Antônio tentou levar o médico do posto de saúde da ilha até sua casa, mas como não conseguiu, levou a criança, desacordada, até a unidade de saúde, onde foi avaliada. 'O médico garantiu que ele estava morto', lamentou o pai.
ptn-news

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail