Google tradutor

Ricardo Eletro

Jacobina: Família carente da Caixa D'Água precisa de ajuda para concluir construção de sua pequena casa

José Moisés, de 57 anos, e seus três filhos vivem em situação precária e precisam da ajuda da população
Uma família vive um drama em Jacobina. A situação é de tocar o coração de qualquer vivente e requer o apoio da comunidade.
O carregador de feira José Moisés de Carvalho, de 57 anos, vive num casebre de aproximadamente 20 metros quadrados, com seus três cômodos minúsculos, em situação muito precária que até dá a impressão de que vai ruir a qualquer momento.
Ele mora ali ao lado dos três filhos: Cíntia, de 17 anos, Tiago, de 14, e Tauã, de 12, uma vez que se separou da mulher há cerca de cinco anos.
José Moisés contou ao Corino Urgente que trabalhou durante muitos anos com motor de sisal, em Casa Nova, povoado de Ourolãndia.
"Eu não ganhava quase nada, era muito pouco e então eu resolvi mudar para Jacobina há uns 12 anos", disse ele, lembrando que trabalha como carregador na feira livre de Jacobina e ganha por semana aproximadamente R$ 100,00.
Até há três meses ele recebia o Bolsa Família de R$ 160,00. "Mas o governo cortou e o que eu ganho na feira mal dá para comer. Até as contas de água e energia estão atrasadas", informou.
Campanha de arredação de material para construção
A poetisa jacobinense Minita Montenegro se compadeceu diante da dramática vida levada por José Moisés e seus três filhos e está organizando uma campanha de arrecadação de material para construção para que ele possa ampliar a casa que é realmente muito pequena e desconfortável.
Quem puder ajudar, basta levar material para construção até sua casa, localizada à Rua São Gabriel, 633, bairro Caixa D'Água, em Jacobina.
A família conseguiu alguns sacos de cimento, pedra e 500 blocos, mas esse material não é suficiente.
Para fazer o serviço de construção, são necessários materiais como blocos, telhas, ferro, pedra, areia, barro, cal, mais alguns sacos de cimento e - quem sabe? - até um pouco de tinta para dar um pouco de alegria a seus paupérrimos moradores.
Outra ajuda que será bem-vinda é a de alimentos e você pode enviar cesta básica ou compra de menor porte, o importante é a solidariedade.
Se existe uma família que neste momento está precisando de assistência e atenção, esta é a de José Moisés, só restando portanto recorrer ao bom coração das pessoas.
E coração é o que não falta aos jacobinenses. 
 
Corino Urgente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail