Google tradutor

Ricardo Eletro

Polícia do México prende suspeito de envolvimento em 900 mortes


'El Compayito' é o suposto líder da organização La Mano con Ojos.
Ele confessou ter participado de 300 homicídios e ordenado outros 600.

Oscar Osvaldo García Montoya, conhecido como 'El Compayito', confessou ter participado de 300 homicídios e ordenado outros 600. (Foto: AFP) 
Oscar Osvaldo García Montoya, conhecido como 'El
Compayito', confessou ter participado de 300
homicídios e ordenado outros 600. (Foto: AFP)
A polícia mexicana prendeu Oscar Osvaldo García Montoya, conhecido como 'El Compayito', suposto líder da organização La Mano con Ojos, que confessou ter participado de 300 homicídios e ordenado outros 600.
O titular da Procuradoria Geral de Justiça do Estado do México (PGJEM), Alfredo Castillo, afirmou em entrevista coletiva que o suspeito, ex-membro da Marinha mexicana, é um dos bandidos "mais importantes que existem" no país.
A prisão ocorreu nesta quinta-feira em uma casa, no bairro de Tlalpan, no sul da Cidade do México, que era utilizada pela organização criminosa como casa de segurança.
A operação contou com a participação de agentes das procuradorias dos níveis federal, estadual e municipal. Foi apreendida uma pistola 9 milímetros.
Montoya é natural do povoado de Guasave, no estado de Sinaloa (noroeste) e utilizava também a identidade de Jesús Castro Serrano.
A Procuradoria Geral da República oferecia uma recompensa de 5 milhões de pesos (R$ 661 mil) por informações que levassem à captura do suspeito.
A organização La Mano con Ojos (a mão com olhos) é considerada inimigo público número um da  sociedade, e é acusada de narcotráfico e de dezenas de execuções caracterizadas por decapitação.

Do G1, com agências internacionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail