Google tradutor

Ricardo Eletro

Velocidade alta pode ter ocasionado acidente que matou motorista na BA

PRF diz que carreta ultrapassou cerca de 20 km da velocidade permitida.
Caso ocorreu na BR-116 sul e matou motorista de caminhão esta manhã.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) afirmou que o acidente na BR-116 sul desta quinta-feira (25), que matou Jones Amado dos Santos Silva, de 44 anos, motorista de um caminhão, pode ter sido ocasionado por infração de trânsito por parte do condutor da carreta.
De acordo com o órgão, o tacógrafo da carreta demonstrou que o condutor dirigia com velocidade maior que 80 km/hora, sendo que o trecho permite no máximo 60 km/h. A carreta bateu frontalmente com o caminhão, que transportava argamassa, no km-441 da rodovia Rio-Bahia. O local do acidente é chamado de ‘curva do rio cavaco’, trecho composto por curvas fechadas, que tem altos índices de acidentes, informa a PRF.
Por conta da velocidade, o órgão diz que o motorista perdeu o controle da direção na curva e bateu de frente com o caminhão. Os dois homens que viajavam com a vítima tiveram ferimentos leves.

“A carreta estava no sentido Feira de Santana, mas perdeu o controle e evadiu na contramão. O caminhão tentou desviar para o acostamento, mas não foi possível”, explica o agente da PRF, Vilson Santos. Ele comenta sobre um possível furo no pneu da carreta, versão relatada pelo motorista do veículo.
“Quando eu entrei na curva eu ouvi o estouro de pneu. A partir do momento que eu ouvi o estouro, diminuí a velocidade, freei, mas já vi que o carro estava se arrastando”, conta Magno Martins, motorista da carreta.
O acidente causou um congestionamento de mais de 20 km nos dois sentidos da rodovia entre Feira de Santana e Santo Estevão durante toda a manhã.
Veículos tombaram após impacto na BR-116 sul (Foto: Reprodução/TV Subaé) 
Carreta fica destruída após choque com caminhão na BR-116 sul (Foto: Reprodução/TV Subaé)

Do G1 BA, com informações da TV Subaé

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail