Google tradutor

Ricardo Eletro

Todos acusados de traficos foram para no chilindró.

Dezesseis integrantes de uma quadrilha de traficantes, responsável por mais de 15 homicídios, ocorridos na região de Feira de Santana, foram capturados, na manhã de hoje (28), durante operação da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) – Feira, que contou com o apoio de mais de 90 policiais Civis e Militares.
 
Com a quadrilha foram apreendidos 10 quilos de crack, três quilos de maconha, 600 pedras de crack, mais 150 “dolões” de maconha, uma pistola calibre 380, dois revólveres calibre 38, uma espada, duas balanças de precisão e R$ 5 mil em dinheiro. Marilton Nunes de Jesus, o “Mamai”, Sandra Oliveira da Cruz, Maik Ferreira Santiago, Josevaldo Bacelar Marcolino, o “Memeu”, Adilton dos Santos Souza, Webert de Jesus Santos, o “Binho”, Charles Moreira da Silva, José Maria Valêncio dos Santos Junior, Cintia da Silva Melo, Benedito Souza Santos, o “Neo Cego”, Maicon dos Santos Ferreira, o “Neo Cego”, Rafael Santos da Fonseca, o “Bastião”, Jhony Almeida Santos, Luciene de Jesus Santos, Jackson Ribeiro Alves, o “Dino”, José Antonio dos Santos, o “Nóia”, seguem custodiado no Complexo Policial Investigador Bandeira, em Feira de Santana.
 
A “Operação Aresta” visava cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão expedidos pela juíza da Vara de Tóxicos de Feira de Santana, Patrícia Didier. Participaram da ação policiais civis de Feira de Santana, Alagoinhas, Serrinha e Ipirá, da Coordenação de Operações Especiais (COE) – Polícia Civil, Graer – Polícia Militar e Secretaria da Segurança Pública (SSP).

  Inf.RotaPolicial

Reporte Tatu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail