Google tradutor

Ricardo Eletro

Batida entre carro e caminhão deixa um morto

ITABELA - O estudante universitário Rian Alves da Cruz, 22 anos, morreu em um acidente no começo da tarde desta segunda-feira (03). O automóvel que ele dirigia bateu de frente com um caminhão, na altura do km 752 da BR-101, a cinco quilômetros do centro de Itabela.

O impacto foi tão forte que o carro dele, um Corsa (JQI-6720/Teixeira de Freitas) ficou muito danificado. O motor, por exemplo, foi arrancado. O estudante, que estava vindo do aeroporto de Porto Seguro, ficou preso nas ferragens.

Socorristas do SAMU - com apoio de policiais rodoviários federais e militares, demoraram mais de uma hora para removê-lo das ferragens. O trabalho foi complicado.

O motorista do caminhão Mercedes Bens L-1318 (placa MTS-4558/ES), Edmilson Cardoso de Araujo, 47 anos, que se dirigia para Eunápolis, afirmou que não teve como evitar a batida.

'Ele surgiu na curva cantando pneus. Não sei se ficou assustado com alguma coisa ou se dormiu. Me pegou de frente', afirmou o motorista. Ainda de acordo com Edmilson, o estudante não estava ultrapassando, mas desenvolvia alta velocidade.

Rian, segundo uma médica do Samu, teve politraumatismo e morreu ao dar entrada no Hospital Regional de Eunápolis. De acordo com a médica, o rapaz fraturou as pernas, os braços e ainda sofreu traumatismo craniano.

Rian estudava na Faculdade Pitágoras, em Teixeira de Freitas, e estava indo pra casa.


Radar 64.


 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail