Google tradutor

Ricardo Eletro

Fique atento - Concursos públicos abrem mais de 12 mil vagas para 2012


Há mais de 12.758 vagas para serem abertas em todo o Brasil a qualquer momento.

Entre as seleções autorizadas, o da Polícia Federal (PF) é uma das mais cobiçadas pelos concurseiros de plantão. O órgão está autorizado a contratar 1,2 mil pessoas. De acordo com a Portaria nº 559, publicada no Diário Oficial da União no dia 12 deste mês, serão 500 postos para o cargo de agente de polícia, 100 para papiloscopista, 150 para delegado, 100 para perito criminal e 350 para escrivão. Os salários iniciais são de R$ 7,5 mil para papiloscopista, agente de polícia e escrivão e de R$ 13,3 mil para delegado e perito.

Ainda segundo a portaria, os cargos de papiloscopista, agente de polícia e escrivão exigem nível superior em qualquer área. Já quem quiser se candidatar à função de delegado terá que ter nível superior em Direito. Para perito criminal será exigido nível superior em áreas específicas a serem definidas futuramente pela PF.

Carteira de habilitação B ou superior será o pré-requisito para todas as funções. O edital com a abertura das inscrições, assim como todas as demais informações, incluindo o conteúdo programático e a data das provas, deverá ser publicado até junho.

Outro edital que já está no forno é o da Caixa Econômica Federal, para formação de cadastro reserva. O banco quer contratar 5 mil novos servidores até o fim de 2012, incluindo os aprovados nos concursos que ainda estão válidos.
A seleção será para os níveis iniciais da carreira administrativa como técnico bancário (nível médio) e também para advogados, arquitetos e engenheiros. A expectativa é que o edital seja lançado em fevereiro. Os vencimentos iniciais são de R$ 1.784 (médio) e R$ 7.931 (superior).
Bahia

Entre os concursos previstos no estado estão confirmados três editais para a Secretaria da Segurança Pública (SSP). Segundo o secretário da pasta, Maurício Teles Barbosa, será um para a Polícia Militar, um para a Polícia Civil e outro para a Polícia Técnica.
“A nossa expectativa é lança-los já no primeiro semestre de 2012. No entanto, o número de vagas ainda não está definido. Vamos precisar fechar com a Secretaria da Administração e da Fazenda um percentual e um quantitativo de vagas”. Segundo ele, a previsão é contratar, de forma escalonada, 5 mil policiais militares e mais mil civis e técnicos até a Copa do Mundo, em 2014.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail