Google tradutor

Ricardo Eletro

Amauri denuncia caos na saúde de Jacobina

 Créditos da Foto: Assessoria de Comunicação  
A falta de médicos obstetras no Hospital Vicentina Goulart, em Jacobina, foi denunciado no Plenário da Câmara Federal pelo deputado Amauri Teixeira (PT-BA), nessa segunda-feira (12). O parlamentar citou o caso de Geisy Lopes Estevão de Souza, de 26 anos, que foi obrigada a realizar o parto em uma clínica particular por falta de atendimento na rede pública. A notícia foi publicada no jornal Tribuna Regional.

Segundo o parlamentar, o ex-prefeito de Jacobina, Leopoldo Passos, diretor do Hospital Vicentina Goulart, demitiu o Dr. Ricardo Valois, que faria o parto de Geisy. “Outra médica obstetra também pediu demissão do Hospital Vicentina Goulart. As mulheres pobres de Jacobina terão que fazer seus partos fora de lá. Não terão naturalidade de Jacobina, pela incompetência da atual Prefeita, Valdice Castro, e pela tirania do seu marido, Leopoldo”, denunciou Amauri.

Ainda de acordo com o deputado, Geisy foi submetida a uma condição de estresse no momento do parto. “A mulher, durante esse procedimento, está ansiosa e angustiada. Deveria ser bem atendida, ter um atendimento humanizado. No entanto, ela foi submetida a uma condição de estresse que poderia, inclusive, impedir que ela tivesse um parto tranquilo.”

Amauri ainda fez duras críticas ao que chamou de “caos na saúde jacobinense, típico de uma gestão descomprometida com o povo”. Ele finalizou o discurso afirmando que, nas eleições de outubro, “o povo de Jacobina vai dar um chute no traseiro da incompetência e da tirania dos atuais gestores”.

www.opovoquersaber.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail