Google tradutor

Ricardo Eletro

Filho mata a mãe com machucador de feijão e diz que não se arrepende

 A aposentada Djanira Maria do Espírito Santo, 70 anos, foi morta pelo próprio filho no município de Presidente Dutra, a cerca de 15Km de Irecê. O crime aconteceu no último sábado (17), mas a polícia só encontrou o corpo na segunda-feira (19), após ligação de vizinhos que sentiram mau-cheiro exalando da casa onde a idosa morava.
O filho de Djanira, Jailson Pires dos Santos, 37 anos, confessou o crime e está preso na Delegacia de Polícia de Presidente Dutra. Numa entrevista com o radialista José Bastos, da Rádio Caraíbas FM, o criminoso narrou com detalhes como matou a mãe.  Ele relatou que dona Djanira sempre lhe recebia com palavrões e, no último sábado, não aguentou e cometeu o crime.
“Cheguei da roça por volta de umas 6 horas (da noite), fui jantar e ela começou a mim xingar. Peguei um machucador e dei quatro cacetadas atrás do ‘cachaço’ dela como se mata bode. Ela ficou se agonizado e eu ‘rumei’ um botijão duas vezes na cabeça para não dar mais trabalho”, narrou Jailson. Com muita frieza, o homem disse ainda que não está arrependido. “Não estou, porque eu nunca tive carinho de mãe”. (Por Pascoal Ferreira – Irecê Notícias
ouça o audio


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail