Google tradutor

Ricardo Eletro

Insatisfeita, Força Invicta não descarta realização de nova greve em breve


O presidente da associação de policiais Força Invicta, tenente-coronel Edmilson Tavares Santos, em conversa  não descartou que a insatisfação da categoria com a proposta do governo possa gerar uma nova greve mais adiante, mesmo alegando saber que é ilegal. Ele, no entanto, não afirmou quando isso poderia ocorrer. Ele disse que os policiais entrarão na Justiça caso o governo se recuse a estender o pagamento das Gratificações aos membros da reserva e não pague as GAPs de forma imediata. Alguns policiais defendem que o pagamento das GAPs seja feito imediatamente. O líder do governo na Assembleia, Zé Neto (PT), afirmou que o governo está perto do limite prudencial do orçamento e, por isso, não pode pagar as GAPs já agora. O líder da oposição, Paulo Azi (DEM), argumenta que há sim possibilidade e o governo está se fechando para as negociações.
 
Bizu de Praça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail