Google tradutor

Ricardo Eletro

Rachaduras assustam população de Lapão

Os moradores do município de Lapão, distante 12Km de Irecê e cerca de 500Km de Salvador, na Bahia, estão assustados com as rachaduras que sugiram em estabelecimentos comericias e  em diversas residências no último fim de semana. Testemunhas contaram que ouviram um estrondo no chão e ficaram apavorados. 
 
Em entrevista à imprensa pela manhã, o prefeito Hermenilson Carvalho, disse que o problema não está relacionado à estrutura geológica da cidade e tentou acalmar a população. “Não é nenhum fenômeno que possa trazer alarme”. Ele informou ainda que a Prefeitura já identificou os pontos atingidos e continua monitoramento imóveis.
 
Essa não é a primeira vez que o solo racha em Lapão. Em agosto de 2008, enormes rachaduras que mediam até um palmo de espessura danificaram diversas residências e propriedades rurais. A Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) e a Defesa Civil do Estado estiveram na cidade para fazer um levantamento geofísico.
 
Na época, a hipótese mais provável era de que haveria rios subterrâneos na região e a erosão da água ao longo dos últimos anos teria provocado um deslocamento das rochas. A extração desenfreada de água do solo através de poços artesianos foi outra hipótese levantada. (Pascoal Ferreira - Irecê Repórter)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail