Google tradutor

Ricardo Eletro

Bebê com braço gigante: pré-natal prevê risco para mãe e criança

Amputação será última alternativa, diz médica de Nicole

Bebê - gigante
Pais de Nicole vivem com uma renda de R$ 600, na Rocinha, na zona sul do Rio
Depois de ter sobrevivido a um parto difícil, em que teve o braço quebrado e convulsões, Nicole de apenas cinco meses convive agora com um braço gigante. Linfangioma – doença que impede o fluxo de oxigênio e provoca a crescimento de tumores benignos – não tem cura, mas um pré-natal pode evitar as complicações da deformação. Segundo a médica Emília Alves Bento, chefe de Cirurgia Vascular do Hospital Federal dos Servidores, exames durante a gravidez ajudam os pais e os médicos a se prepararem para o parto.
— Casos como da Nicole podem ser descobertos durante as ultrassonografias do pré-natal. A doença não tem cura, mas descobrir cedo é importante, pois o parto passa a ser de risco e deve ser realizada uma cesariana. Evita-se, assim, o risco para a criança e para a mãe.

Leia mais no  http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/noticias/bebe-com-braco-gigante-pre-natal-preve-risco-para-mae-e-crianca-20120519.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail