Google tradutor

Ricardo Eletro

MULHER É ESPANCADA, VIOLENTADA E MANTIDA EM CÁRCERE PRIVADO POR COMPANHEIRO EM MORRO DO CHAPÉU

Elisabete Mota de Melo, de 24 anos, moradora do povoado de Fedegosos, no Morro do Chapéu, foi barbaramente torturada pelo companheiro, Jeferson Silva de Jesus, de 23 anos, durante o fim de semana passado. Segundo informou a vítima, seu companheiro chegou embriagado em casa na última sexta, 17, e sem motivo aparente começou a espancá-la e ameaça-la de mortemesmo estando ela no oitavo mês de gestação. Ela disse que ele desferiu vários socos em se rosto e após jogá-la ao chão pisou em sua cabeça. Elisabete foi mantida em cárcere privado e passou de sexta a domingo apanhando e sendo violentada por Jeferson. A tortura só acabou quando seu irmão Luciano se dirigiu a sua casa ara saber por que ela não tinha aparecido na casa da família. Foi quando ele, percebendo o que estaria acontecendo, entrou em luta corporal com Jeferson e Elisabete conseguiu fugir. Ela procurou imediatamente a Polícia Civil da cidade e o SI da delegacia do Morro, sob o comando do investigador Fábio Falcão, realizou rondas na cidade, vindo a prender Jeferson hoje pela manhã no povoado de Fedegosos. ELE foi flagrantiado pelo crime de cárcere privado, espancamento e estupro. Segundo informações colhidas pelo sistema INFOSEG, contra ele já existia um mandado de prisão em aberto. Jeferson já respondia um processo na cidade de Piritiba e também é acusado de um estupro praticado contra uma criança de apenas nove anos de idade na cidade do Morro do Chapéu.

Elisabete foi encaminhada para o DPT de Jacobina para realização de perícia. Bastante machucada ela mostrou as marcas do espancamento, e chegou a relatar que chegou a apanhar até de bainha de facão. Gravida de nove meses, Elisabete pensa em recomeçar a vida e quer que o ex pague pelo crime que cometeu contra ela.

Bahia acontece

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail