Google tradutor

Ricardo Eletro

Mulher é morta a tiros e tem corpo carbonizado

Alagoas é onde mais se mata mulheres. Somente esta semana três foram assassinadas

Mais uma mulher é assassinada em Alagoas. A vítima, aparentemente jovem, foi encontrada próximo de um canavial, no Rio do Meio, na Cachoeira do Mirim, região do Benedito Bentes, parte alta de Maceió.
 

A vítima, encontrada na manhã de sexta-feira (10) por duas crianças,  foi executada a tiros de pistola e logo após teve o corpo carbonizado. A mulher estava vestindo apenas lingerie.
Equipes do 5º Batalhão da Polícia Militar (5º BPM) estiveram no local da desova e encontraram próximo do corpo uma capsula de pistola 380, possivelmente a mesma utilizada para matar a mulher e uma chave de residência.
Alguns moradores da região estiveram no local mais não identificaram a vítima, que possivelmente residia em outra localidade e foi levada até ali apenas para ser morta.
O achado do corpo acontece um dia após a Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Alagoas, divulgar que Alagoas foi o segundo Estado – perdendo para o Espirito Santo – foi onde mais se matou mulheres no ano de 2010. Os dados negativos também revelam que Maceió foi a terceira Capital do Brasil onde mais foram registrados homicídios de mulheres naquele ano. Ao todo foram 134 assassinatos.
Enquanto Alagoas teve uma taxa de 8,3 homicídios por cada 100 mil mulheres, a taxa nacional foi de 4,6 assassinatos. A maioria das mulheres mortas tinham idades entre 15 a 29 anos e 41% dos crimes foram registrados dentro das casas das vítimas.
Mais os números de homicídios de mulheres não diminuem. Segundo o advogado Gilberto Irineu, presidente da Comissão, de janeiro de 2011 até este mês, cerca de 200 mulheres já foram assassinadas. Somente esta semana três foram executadas a tiros. Emergencia190.
Imagens fortes





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail