Google tradutor

Ricardo Eletro

Ministério da Saúde amplia verbas para cirurgias de catarata

Ministério da Saúde amplia verbas para cirurgias de catarata
O Ministério da Saúde liberou, para estados e municípios, uma verba de R$ 650 milhões para a expansão da realização de cirurgias eletivas no país. Do total de recursos, R$ 230 milhões são destinados à realização de cirurgias de catarata, a mais procurada pelos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) no país. A estratégia faz parte da política nacional de acesso aos procedimentos cirúrgicos eletivos, lançada em 2004 pelo governo federal. O investimento representa um crescimento de 86% em relação ao valor gasto em 2011, que foi de R$ 350 milhões. Estima-se que, em 2012, sejam realizadas 432 mil operações. Até junho, 216 mil cirurgias foram feitas pelo SUS. Na última quinzena de agosto (24), o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, participou de um conjunto de ações para expansão da realização de cirurgias de catarata no país realizado no município de Serrinha, no oeste baiano. “Um dos nossos objetivos é zerar a fila de cirurgia de catarata e promover melhor qualidade de vida. Queremos que as pessoas possam voltar a ler e escrever e se inserir no mercado de trabalho”, ressaltou o ministro. Na ocasião, Padilha adiantou que a expectativa do Ministério da Saúde é chegar a 700 mil cirurgias de catarata por ano. “Aumentamos o recurso para possibilitar a realização contínua das cirurgias de catarata, além da realização de mutirão. E o executar essas intervenções, conseguiremos aumentar o número de cirurgias e diminuir as desigualdades regionais”, destacou. Os recursos fazem parte de uma nova estratégia do governo federal para garantir o acesso da população aos procedimentos oferecidos no SUS. Os estados brasileiros e o Distrito Federal receberam os recursos em parcela única, para o período de um ano. O investimento deverá ser aplicado nas especialidades de maior demanda, conforme a realidade de cada região. A ação irá beneficiar 2.555 cidades. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail