Google tradutor

Ricardo Eletro

Casal gay são levados para o Hospital Regional, em Santo Antonio de Jesus em Muniz Ferreira, após ato sexual

Informações dão conta de que um casal gay da cidade de Muniz Ferreira, após a realização de um ato sexual, não teve como conseguir desvencilhamento da cópula, tendo que ser levado ao Hospital Regional, em Santo Antonio de Jesus para a adoção dos procedimentos necessários, visando o “desengate”, não sem antes, passar por todo um constrangimento diante das pessoas que conhecem os praticantes.
Esse tipo de “engate” ocorre quando há acúmulo de sangue na área da glande (cabeça do pênis) o que acaba dificultando a retirada do mesmo, em que pese esforços desenvolvidos nesse sentido, por parte do casal. Algumas pessoas afirmam que esse tipo de distúrbio pode ocorre quando, em pleno ato sexual, o parceiro “receptor” expele gases que acabam penetrando pelo canal ureter, provocando a distensão da ponta do pênis. Em que pese a disseminação dessas hipóteses, só profissionais médicos podem, de fato, afirmar a causa de problemas dessa magnitude. É comum a ocorrência desse fenômeno entre cães, todavia, logo-logo, eles conseguem afastamento.
Outro caso ocorrido em Nazaré por volta dos anos 80
Caso semelhante a esse (coito anal) ocorreu por volta dos anos 80 na cidade vizinha de Nazaré.  Uma jovem, noiva de outro rapaz, participou de um ato dessa natureza, tendo que passar por grande constrangimento, com repercussão nacional.  O casal chegou a ser transferido, numa Kombi, com cortinas colocadas nas janelas em para minimizar o escândalo, em busc atendimento em Salvador. Em pleno “ferry-boat”, com os “solavancos” da embarcação, os dois se desprenderam da cópula. Imagens meramente ilustrativas (Google). TV Saj.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail