Google tradutor

Ricardo Eletro

Camacã: Ônibus da expresso Brasileiro capota e mulher morre presa nas ferragens

O motorista tentou se desviar de animais na pista  Fotos: O Tempo Jornalismo
  
Um ônibus da expresso Brasileiro, classe executiva, placas de Eunápolis NZJ-6525, com oito pessoas á bordo, capotou por volta da 04:00 horas da madrugada de terça-feira (1º), na Avenida dos Pioneiros, a 300 metros do terminal rodoviário de Camacã. Daiane Santos Pereira, 18 anos, que estava entre os passageiros, ficou presa nas ferragens, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A Mulher que residia na cidade de Eunápolis, era natural de Mesquita-RJ. Após o acidente outras vítimas, foram levadas para a Fundação Hospitalar de Camacã. O tempo jornalismo


O ônibus transportava oito passageiros

O ônibus que saiu de Nanuque-MG com destino a Ilhéus, era guiado pelo motorista CLemio Oliveira, de aproximadamente 30 anos. Ele disse que se aproximava do terminal rodoviário quando algumas vacas atravessaram a pista. O veículo teve a numeração e o nome da empresa raspados .
Jonatas Amorim, gerente de operações da Rota, disse á nossa reportagem, que o motorista teria tentado se desviar de uma manada de vacas que transitava na pista, quando perdeu a direção vindo a cair no despenhadeiro que culminou com o acidente. Após o incidente, os feridos foram encaminhados para o pronto socorro da Fundação Hospitalar, onde receberam os primeiros socorros, na sequências levados para os hospitais de Itabuna.
 
Momento que o ônibus estava sendo retirado do precipício
A Polícia Militar esteve no local, a fim de dar suporte aos profissionais que trabalharam no resgate das vitimas. O trânsito foi paralisado em ambos os sentidos, demorando em torno de uma hora para ser liberado. Vários curiosos fizeram uma grande aglomeração onde o acidente aconteceu, na expectativa de ver a retirada do veículo. O motorista que nada sofreu, prestou depoimento na manhã desta terça-feira na delegacia circunscricional de Camacã. Vejas os nomes de outras vítimas envolvidas neste acidente:Almir de Jesus Silva, 55 anos, sua esposa Mariene Santos Silva, 53, e o itabunense Édson dos Santos, 67, residente no bairro Santa Inês e Almir, com traumatismo craniano. Mariene e Édson sofreram escoriações. O tempo jornalismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail