Google tradutor

Ricardo Eletro

Jacobina realiza grande mobilização para a prevenção a dengue



Cerca de 200 pessoas realizaram uma grande mobilização nesta quinta-feira (11), em Jacobina III. O bairro foi palco do primeiro faxinaço modelo para a prevenção da dengue no município. Estudantes, Agentes de Combate às Endemias (ACE), Agentes Comunitários de Saúde (ACS), moradores e educadores, foram os principais responsáveis pelo sucesso da ação.


Sobre a realização do faxinaço o ACE, Robério Rodrigues Angelo, declarou: “eu gostei de ter participado porque acho que o caminho para combater a dengue não se resume a tratamento focal, mas com promoção de ações preventivas”.


Para a enfermeira, Emannoela Pereira: “o faxinaço foi ótimo, principalmente porque a gente não só entrou nas casas das pessoas, mas mobilizamos o morador, a comunidade como um todo. Os ACS, ACE, Enfermeiros, uma equipe multidisciplinar, todos envolvidos com o mesmo objetivo, de combater o mosquito da dengue”.


Durante toda a manhã mais de 1.000 imóveis foram visitados, em aproximadamente 10% desse montante foram encontradas larvas do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue. Durante o faxinaço, além da ação educativa e do tratamento e/ou eliminação dos criadouros do mosquito, os moradores foram orientados a retirar dos seus quintais e colocar na porta de casa todos os objetos e lixos que pudesse favorecer a proliferação do mosquito, posteriormente o serviço público de limpeza coletou lixos, pneus e realizou a limpeza das ruas.


Indagado sobre a participação dos alunos do Colégio Municipal Luis Alberto Dourado de Carvalho, o estudante, Mateus Oliveira dos Santos, afirmou que: “temos que falar sobre a dengue, abrir um debate, um discussão em todos os colégios para nos prevenirmos contra essa grave doença”.

Para a professora, Maria Gorete dos Santos, “aula não é só dentro da escola, numa sala de aula, isso aqui é um trabalho com a comunidade, que desperta o senso crítico, passável de participação, de elaborar uma opinião e de executar, é o que eles fizeram. Agora eles irão voltar para muito mais envolvidos com a questão da dengue”.


O faxinaço realizado servirá como experiência para os próximos que acontecerão em outros bairros com maior vulnerabilidade para a ocorrência da doença, e também para chamar a atenção da população quanto ao número de pendências, cerca de 7%, ou seja, moradores ausentes das suas residências ou que recusam a visita dos ACE. A falta de vistoria dos imóveis, muitas vezes, compromete a eliminação e/ou tratamento de criadouros do mosquito.


Ação educativa, de impacto, e integrada, o faxinaço faz parte do Projeto de Mobilização Social para a Prevenção e o Controle da Dengue, promovido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em parceria com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB) e a Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM).



Municípios que fazem parte do Projeto:

Além de Jacobina, mais 22 municípios baianos participam, que são: Alagoinhas, Camaçari, Feira de Santana, Serrinha, Conceição de Coité, Itaberaba, Lauro de Freitas, Paulo Afonso, Vitória da Conquista, Bom Jesus da Lapa, Eunápolis, Guanambi, Ilhéus, Irecê, Itabuna, Jequié, Porto Seguro, Salvador, Senhor do Bonfim, Simões Filho, Teixeira de Freitas e Valença.



 
Taís Silva - ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail