Google tradutor

Ricardo Eletro

Uso excessivo de cocaína matou o cantor Chorão, diz IML

 Chorão
O músico foi encontrado morto em seu apartamento na madrugada do último dia 6 de março. Alexandre Magno Abrão tinha 42 anos
A causa da morte do vocalista da banda Charlie Brown Jr., Alexandre Magno Abrão (Chorão) foi divulgada nesta quinta-feira (4). Segundo o laudo do Instituto Médico Legal (IML) o cantor sofreu um overdose de cocaína.

O documento também mostra que foram encontrados 4,714 microgramas da droga a cada milímetro de sangue, o que resultou numa “intoxicação exógena devido à cocainemia”. A intoxicação pode ter levado Chorão a sofrer um acidente vascular cerebral ou um infarto.

Chorão foi encontrado morto em seu apartamento na madrugada do último dia 6 de março. O corpo do músico foi encontrado pelo segurança e motorista dele. O apartamento de Chorão estava destruído e foram encontrados indícios de que o cantor havia feito uso de drogas nos últimos dias de vida.

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail