Google tradutor

Ricardo Eletro

Juiz decide liberar masturbação em público

 
Uma recente decisão de um juiz na Suécia causou polêmica no país. Um homem de 65 anos julgado por ter se masturbado em público na praia de Drevviken, em Estocolmo, foi inocentado. De acordo com a decisão do magistrado, o réu não estava dirigindo o ato a ninguém em particular. E assim, ele não merecia ser punido por crime sexual. "Com essa decisão, concluímos que seja normal se masturbar na praia", lamentou o promotor público Olof Vrethammar. As informações são do site "The Local". Bocão news

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail