Google tradutor

Ricardo Eletro

Agricultura familiar de Irecê é fortalecida

Os agricultores familiares do território de identidade de Irecê receberam, nesta segunda-feira (11), ações do Governo da Bahia, da Petrobras Biocombustível (PBIO) e da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). O anúncio das realizações foi dado no município de Irecê e contou com a presença dos secretários estaduais Rui Costa (Casa Civil), Eduardo Salles (Agricultura) e Moema Gramacho (Desenvolvimento Social). Os presidentes da Codevasf e da PBIO, Elmo Vaz e Miguel Rossetti, respectivamente, também participaram do ato.
Em geral, as entregas são fruto de parceria, a exemplo do convênio que beneficiará 400 agricultores familiares participantes do Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel na região. A PBIO e a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Reforma Agrária e Pesca (Seagri), celebraram o acordo, que prevê investimentos de R$ 11,2 milhões para a distribuição de sementes de dendê, mamona e girassol, serviço de assistência técnica, aquisição de oleaginosas - através da própria PBIO - e o preparo mecanizado da área que o agricultor irá plantar, fortalecendo a produtividade das famílias. A agricultora Ionária de Carvalho, de Presidente Dutra, comemorou a iniciativa. "Vamos trabalhar mais, porque temos melhores condições. A produção de mamona na minha comunidade será outra", disse. Outros 8.300 agricultores familiares da Bahia também serão beneficiados com este convênio.
Um conjunto de máquinas, composto por trator, retroescavadeira, motoniveladoras e pá carregadeira, foi doado pelo Estado ao Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território de Irecê. Para a compra, R$1,5 milhão foi aplicado. "O fortalecimento do consórcio significa o fortalecimento dos 21 municípios integrantes do grupo. Com as máquinas, eles têm autonomia para iniciar obras de barragens subterrâneas, barreiros e estradas vicinais, obras indispensáveis para o desenvolvimento do semiárido, colaborando com o homem e a mulher do campo", explicou o secretário Rui Costa.
Através da Codevasf, 175 famílias receberam um kit de apicultura, 139 kits de irrigação sob gotejamento foram doados e, com o objetivo de fazer a reposição parcial do rebanho perdido com a seca, 75 ovinos e caprinos foram entregues a associações de agricultores da região. Para o fornecimento de água, foi dada ordem de serviço para implantação de 119 poços e de 354 cisternas. Cerca de R$ 8,4 milhões foram investidos nessas ações. Na oportunidade, o presidente Elmo reforçou o andamento da ocupação da 1ª etapa do Baixio de Irecê, que terá capacidade de gerar mais de 4 mil empregos diretos e 8.400 indiretos. Cerca de 16 mil pessoas serão beneficiadas. São 174 propostas recebidas pela Codevasf.
Foram doadas mais de 189 mil quilos de sementes de milho, feijão e sorgo em prol do aumento da produção rural da região. A ação da Seagri beneficiará cerca de 19 mil agricultores.
Em relação ao abastecimento de água, o Estado autorizou que a Cerb inicie nove sistemas de água para consumo humano no território de Irecê, levando água a comunidades da zona rural, realização que contou com R$ 965 mil em recursos.
O governo realizou, ainda, a entrega de equipamentos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), totalizando um investimento de R$ 292 mil, além de avançar na regularização fundiária, propiciando que mais 75 famílias baianas recebessem seus títulos de terra e a distribuição de 100 mil mudas de palma, para alimentação animal.

      Ascom - Casa Civil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail