Google tradutor

Ricardo Eletro

“Não cabe Gustavo Lima puxar um trio no Carnaval”, dispara Luiz Caldas

Um dos ícones do Carnaval de Salvador, Luiz Caldas esteve presente, na tarde desta terça-feira (18), no lançamento das ações promocionais da Petrobras na folia momesca da capital baiana. Um dos artistas patrocinados pela companhia, o ‘pai da axé music’ exaltou os investimentos da estatal no Carnaval.

“Sem esse apoio da Petrobras não poderíamos ter um bom trio elétrico para poder mostrar às pessoas. Há muitas décadas que o Carnaval de Salvador está entregue aos blocos e bloco a gente sabe que é uma coisa privada, não é o Carnaval do povão”, disse Luiz Caldas.

O cantor fez questão de ressaltar as mudanças que estão sendo feitas no Carnaval soteropolitano. “Esse ano o que acho que tem me dado muita alegria, sinceramente, é que eu estou sentindo que todo mundo está tentando retomar o Carnaval de Salvador para o prumo. Com tantas modificações que vieram surgindo durante tanto tempo, eu acho que o Carnaval perdeu a sua própria identidade”, completou. 
 
Bocão News

O músico criticou ainda a presença de artistas na festa, que não condizem com a cultura local. “Não cabe Gustavo Lima puxar um trio elétrico no Carnaval de Salvador. Não tenho nada contra o artista, mas é como se eu pegasse a minha guitarra e fosse tocar no meio da orquestra sinfônica. Por isso o Carnaval de Recife ainda está mais coeso do que o Salvador, lá isso não acontece”, disparou Luiz Caldas.

Pra finalizar, o artista ressaltou a importância do folião no Carnaval. “O Carnaval não pertence a ninguém, pertence ao povo. Qualquer artista que parar de tocar, seja ele quem for, o Carnaval vai continuar. Pode ser que de forma diferente, mas isso sempre acontece. A grande estrela nossa do Carnaval é o folião”, disse.

Durante o Carnaval, Luiz Caldas se apresenta na sexta-feira e no sábado na Barra, domingo no Campo Grande, na segunda-feira retorna à Barra com o Furdunço e na terça-feira encerra sua apresentação na folia da Avenida.

Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail