Google tradutor

Ricardo Eletro

Chuvas tornam perigosa rodovia mais movimentada da Bahia

Segundo a PRF, 50 mil carros trafegam todos os dias na rodovia.
Em 2001, mais de 15% das ocorrências foram registradas durante chuva.

Alagamento na BR-324 (Foto: Reprodução/TVBA) 

Água na pista atrapalha os motoristas
(Foto: Reprodução/TVBA)

Nesta temporada de chuva em Salvador a estrada mais movimentada da Bahia, a BR-324, que liga Salvador a Feira de Santana, está sendo considerada uma grande área de risco para os motoristas, por causa dos alagamentos.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), 50 mil carros trafegam por dia na rodovia. Mesmo que a chuva não seja muito forte, a água na pista atrapalha os motoristas. O local conhecido como Jaqueira do Carneiro, ainda na zona urbana de Salvador, no km-622, da estrada Salvador-Feira é um dos pontos onde acontecem mais acidentes.

Na região é comum observar imprudências de motoristas. Motociclistas são obrigados a se arriscar entre os carros. Carretas com cargas pesadas espalham muita água quando passam, também sem reduzir a velocidade. Ônibus, que sempre trafegam pelo lado esquerdo da pista, espalham muita água nos carros de passeio.

Alagamento na BR-324 (Foto: Reprodução/TVBA) 

Motociclistas se arriscam entre os carros
(Foto: Reprodução/TVBA)

Um dado divulgado pela Polícia Rodoviária Federal revela o perigo dos alagamentos nas estradas e da direção perigosa, com chuva: mais de 15% das ocorrências de 2011 aconteceram com chuva.
Segundo a PRF, do início do ano até maio, foram cerca de 3.695 acidentes, com mais de 2.200 feridos. Ainda de acordo com a PRF, 275 pessoas morreram nas estradas da Bahia.
A empresa Via Bahia, que administra a BR-324, foi procurada para falar sobre as providências tomadas em relação à situação da rodovia, mas não enviou resposta.
 Do G1 BA, com informações da TV Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail