Google tradutor

Ricardo Eletro

Suspeito de jogar criança de um ano de uma ponte no CE assume o crime

Policiais classificam como crime premeditado; suspeito teria se arrependido.
População da cidade tenta linchar o suspeito, que segue hospitalizado. 

O homem suspeito de jogar o filho de um ano de uma ponte em Russas, interior do Ceará, assumiu a autoria do crime na noite deste sábado (23), segundo o inspetor da Polícia Civil Deivi Romão. De acordo com informações do inspetor, o motivo do crime não está claro, mas é possível que tenha sido motivado por problemas familiares, dizem os policiais. O suspeito é divorciado da mãe da criança.

Ainda segundo informações da polícia local, o suspeito foi até a ponte com a criança no colo e um amigo. Ao se aproximar da ponte ele teria pedido ao amigo para ficar só. Ele jogou a criança da ponte por volta das 10h30 da manhã deste sábado. De acordo com a polícia, a criança sobreviveu à queda de cerca de 20 metros e morreu afogada.
O crime foi confessado pelo suspeito no hospital em que se encontra internado. O inspetor Romão informa também que o suspeito teria se arrependido do crime e se jogou em seguida da ponte, na tentativa de salvar a criança. A polícia classifica o caso como crime premeditado, quando a intenção de cometê-lo era planejada.
O pai da criança segue internado no hospital municipal de Russas, escoltado por policiais. Ele sofreu arranhões e quebrou uma perna. De acordo com informações de funcionários da unidade hospitalar, a população da cidade tenta linchá-lo. Os funcionários dizem também que os policiais estão tendo dificuldade em conter a população.

André Teixeira Do G1 CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail