Google tradutor

Ricardo Eletro

COMBATE ÀS FRAUDES: Força-Tarefa Previdenciária prende 17 em Salvador

Também foram cumpridos 21 mandados de busca e apreensão, incluindo o sequestro de bens
25/08/2011 - 11:33:00


Da Redação (Brasília) – Dezessete integrantes de uma quadrilha que fraudava benefícios previdenciários em Salvador (BA) e Região Metropolitana foram presos na manhã deste quinta-feira (25) pela Força-Tarefa Previdenciária, composta pela Polícia Federal, Previdência Social e Ministério Público Federal. Entre os presos estão quatro servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), dois contadores e um funcionário da Caixa Econômica Federal. Também foram cumpridos 21 mandados de busca e apreensão, incluindo o sequestro de bens, como uma casa em bairro nobre e diversos veículos importados.

As investigações identificaram indícios de inserção de vínculos empregatícios fictícios nos sistemas da Previdência Social para fins de concessão de benefícios previdenciários, como aposentadoria por tempo de contribuição, auxílio-doença e pensão por morte previdenciária, normalmente sem o conhecimento dos supostos empregadores. Foram rastreados mais de 500 (quinhentos) benefícios com indicativo de irregularidades, o que representa um prejuízo estimado em R$ 20 milhões aos cofres da União.

Todo o material apreendido será analisado pela Força-Tarefa Previdenciária. Os presos estão sendo ouvidos na sede da Superintendência da Polícia Federal em Salvador. Eles serão indiciados pela prática dos crimes de estelionato, formação de quadrilha e corrupção ativa ou passiva, previstos nos artigos 171, §3º, 288, 317 e 333 do Código Penal Brasileiro.

O nome da Operação, Nevasca, faz alusão ao nome da família responsável pelas fraudes praticadas contra a Previdência Social. (Ascom/MPS/PF)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail