Google tradutor

Ricardo Eletro

Carro é incendiado após prisão de suspeito de ataques a ônibus na PB

Carro foi encontrado em chamas no bairro Alto do Mateus, em João Pessoa.
Polícia Civil ainda não foi notificada para começar a investigar caso.

Um carro foi encontrado em chamas na noite da quarta-feira (7) em João Pessoa, capital paraibana, um dia depois da prisão do suspeito de articular quatro incêndios a ônibus ocorridos em agosto na cidade. O carro estava na calçada em frente a uma casa no bairro Alto do Mateus, na Zona Oeste, quando foi incendiado.
O proprietário do veículo estava dormindo quando foi chamado pelos vizinhos para ver o que acontecia. Os moradores da rua ligaram para o telefone 190, da Polícia Militar, em busca de socorro. De acordo com o cabo Sidrenys, do Corpo de Bombeiros, o fogo foi contido, mas o carro sofreu perda total. Ele disse acreditar que o incêndio foi criminoso, mas não foi divulgado se o caso tem relação com os ataques a ônibus.
Nenhum suspeito de atear fogo no carro foi preso. O proprietátio foi orientado a prestar queixa na 1ª Delegacia Distrital, mas não havia procurado a Polícia Civil até as 7h desta quinta-feira (8).

Na terça-feira (6), a Polícia Civil e o Ministério Público da Paraíba realizaram uma entrevista coletiva em que divulgaram os detalhes sobre a prisão do principal suspeito de coordenar os ataques a ônibus registrados em João Pessoa.
O jovem de 25 anos teria confessado que forneceu armas para que adolescentes assaltassem ônibus na capital e ateassem fogo neles em seguida. Ainda conforme a polícia, ele revelou que os crimes eram ordenados por presidiários insatisfeitos com as ações da polícia para combater a criminalidade dentro das penitenciárias.

G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail