Google tradutor

Ricardo Eletro

Governo decreta prisão de líder do movimento da PM. AL pode ser invadida


Um dos líderes da Associação dos Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia (Aspra-BA), Marco Prisco, teve a prisão decretada na noite desta quinta-feira (2). Assiim que a decisão foi tomada pelo governo do Estado, Prisco divulgou no facebook que o decreto de prisão contra ele está confirmado e que a Assembleia Legislativa será invadida.
Além dos policiais militares, é possível acompanhar nos recado de outros PMs e amigos de Prisco que o COE e Caatinga também estão no aguardo do sinal dos Aspras para também realizar a invasão na AL.



O caos - O secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, confirmou em entrevista coletiva concedida, nesta quinta (2), que o Estado solicitou ao governo federal o envio da Força Nacional para ajudar no policiamento da capital e do interior. O objetivo é amenizar as ocorrências relacionadas à greve da Polícia Militar. Segundo o secretário, até às 22h de hoje, 150 homens da Força Nacional Brasileira desembarcam na base área de Salvador.

A previsão é de que em 48 horas mais 500 sejam incorporados ao grupo. Além disso, Maurício Barbosa informou que a presidente Dilma Rousseff está bastante preocupada com a situação e também vai enviar soldados do Exército para conter a onda de violência.

Terror e temor na capital baiana. Em 24 horas, a rotina da cidade símbolo da alegria virou um cenário de medo, arrastões, insegurança. Desde que o movimento dos policiais militares foi desencadeado, a crise se instalou no Estado.
Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail