Google tradutor

Ricardo Eletro

Radialista Mução é solto, após irmão confessar crimes de pedofilia




Depois de quase dois dias preso na sede da Polícia Federal de Recife, o radialista Rodrigo Vieira Emerenciano, de 35 anos, o Mução – conhecido pelos programas de trotes por telefone – foi solto na noite desta sexta-feira (30). Segundo a PF, o irmão do radialista, um engenheiro da computação cujo nome não foi divulgado, confessou ter utilizado o login e a senha do computador de Mução para divulgar imagens de sexo envolvendo crianças e adolescentes.
"Para Rodrigo foi um choque. Não sabemos qual o conteúdo que ele acessava, mas quero crer que o fato já está mais do que esclarecido. Com certeza, Rodrigo será excluído de qualquer eventual processo", afirmou o advogado do radialista, Waldir Xavier ao portal NE10.
O delegado regional de Combate ao Crime Organizado, Nilson Antunes, disse que o irmão de Mução não chegou a ser detido, pois se apresentou espontaneamente e não houve configuração de crime em flagrante. A delegada Kilma Caminha informou que o engenheiro pode pegar de quatro a dez anos de reclusão por disponibilizar imagens de crianças e adolescentes na internet, segundo o artigo 241 B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
"Ele já foi interrogado em Fortaleza e, de início, está suficiente. Novas perícias estão sendo feitas e estamos aguardando esse material para decidirmos o que será feito", informou a delegada.
O caso
Mução foi detido no Ceará, na última quinta-feira (28), suspeito de envolvimento em divulgação de material pornográfico infantil na web. As imagens de sexo explícito envolviam crianças, adolescentes e até bebês. Com a ação encabeçada pela Polícia Federal de Pernambuco, Mução foi trazido no mesmo dia à sede do órgão no Recife.
Advogados do radialista concederam entrevista coletiva à imprensa, neste sábado (30) para falar sobre o caso e divulgaram uma nota oficial assinada pelo radialista. Confir a nota:
Nota de Mução:
Aliviado com o desfecho judicial que reconheceu a minha absoluta inocência em relação às graves acusações que me foram injustamente imputadas, venho a público agradecer aos meus fãs, espalhados por todo o mundo, pelo apoio irrestrito e confiança na minha palavra.
Da mesma forma, gostaria de firmar agradecimento à imprensa que agiu com prudência e esperou a elucidação dos fatos; e aos meus patrocinadores e afiliados, que em nenhum momento retiraram seu apoio profissional e pessoal.
Por fim, reitero o meu repúdio a qualquer conduta voltada à inaceitável prática de pornografia e pedofilia.
Rodrigo Viera Emerenciano
Aliviado com o desfecho judicial que reconheceu a minha absoluta inocência em relação às graves acusações que me foram injustamente imputadas, venho a público agradecer aos meus fãs, espalhados por todo o mundo, pelo apoio irrestrito e confiança na minha palavra.
Da mesma forma, gostaria de firmar agradecimento à imprensa que agiu com prudência e esperou a elucidação dos fatos; e aos meus patrocinadores e afiliados, que em nenhum momento retiraram seu apoio profissional e pessoal.
Por fim, reitero o meu repúdio a qualquer conduta voltada à inaceitável prática de pornografia e pedofilia.
Rodrigo Viera Emerenciano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail