Google tradutor

Ricardo Eletro

Jacobina: Proprietário da Hilla Transporte diz que não houve quebra da barra de direção no ônibus


No início da tarde desta terça, 20, entrevistamos o advogado Cantídio Almeida, assessor jurídico da Hilla Transportes. Cantídio da Taís Nunes de Amaral, 16 anos, que morreu no acidente no final da tarde de ontem, 19, quando o um ônibus caiu em uma ribanceira próximo ao Bairro Jacobina II.

Cantídio fala que todas as 11 vítimas que tiveram algum dano físico podem procurar a empresa, que será atendido através de sua assessoria com medicamentos mediante apresentação de nota fiscal. Sobre a morte da Taís o advogado diz que isso não irá mudar em nada, mas além da família ter o direito recebe o dinheiro do seguro DPVAT, está recebendo todo apoio ao funeral e todo o acompanhamento psicológico.

Segundo informações do assessor jurídico da Hilla, motorista do ônibus José Vilemes Barreto da Silva deixou o local do acidente, talvez com medo de alguma ação contra a sua pessoa. Até o momento não entrou em contato com a empresa e não foi encontrado em sua residência.

Por telefone falamos também com Carlos Roberto, sócio da Hilla Transportes que reside em São Paulo. Carlos disse que não foi a barra de direção que quebrou. De acordo com uma avaliação prévia feita visualmente por seus mecânicos no sistema da barra de direção do ônibus não foi detectado nenhum problema. Outro detalhe que vem a afirmar esta possibilidade são as duas rodas dianteiras que ficaram emparelhadas. O Proprietário da Hilla diz que quando a barra de direção se rompe, as rodas normalmente se abrem.

Segundo o proprietário da Hilla, a frota de ônibus foi troca em 100% nestes 3 anos. O contrato de concessão exige que os veículos seja de no máximo 10 anos. Pela placa DBM 6941 pode-se analisar que o ônibus do acidente foi fabricado em 2005 e esta totalmente regularizado.

Carlos diz que há possibilidade de erro humano e só a polícia técnica irá afirmar realmente a causa do acidente.
Fonte: Augusto Urgente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail