Google tradutor

Ricardo Eletro

Jacobina: Mototaxista leva golpe pelo celular e perde R$ 600

Na última segunda-feira, 28, o mototaxista Armando Vieira caiu em um golpe pelo celular e perdeu R$ 600. Armando trabalha na Moto Beira Rio, e por volta das 14h uma pessoa bem falante ligou para o seu celular e se identificou como Tenente Everaldo da 4ª Cia de Polícia Militar. 

O tal tenente pediu ao Armando que comprasse um remédio em uma farmácia e o levasse no pelotão de polícia. Em dois minutos o motoqueiro Armando estava na farmácia e o golpista pediu que passasse o celular para a atendente, pelo celular o homem escolheu um buscopan e antes que o Armando pagasse o medicamento o golpista lhe fez mais um pedido. A partir dai começou o golpe e o suposto tenente Everaldo pediu que o mototaxista Armando efetuasse um crédito de celular no valor de R$ 100 que lhe pagaria junto com o remédio no pelotão.

Armando disse a nossa reportagem que a conversa do suposto tenente era tão convincente que nem desconfiou do DDD 65 da região do Mato Grosso do Sul, e acabou colocando R$ 600 (seiscentos reais) de crédito em vários números de celulares, pois o tal tenente alegava que era para a corporação e agentes de rua. 

Chegando ao valor de R$ 600, o tal Everaldo disse que iria completar R$ 1mil pra fechar a conta, e foi ai que o Armando caiu em si que tinha acabado de levar um golpe.

Armando desligou o celular e foi até a Cia de Polícia no Bairro do Leader em Jacobina, onde ficou sabendo que o tal tenente Everaldo não existe e que realmente caiu num golpe.

Mesmo sendo uma pessoa instruída e experiente na vida, Armando Vieira disse que o papo do golpista ludibriaria qualquer um, registrou a ocorrência e fez questão de divulgar o fato pra que outras pessoas e colegas não caiam no golpe.
Fonte: Augusto Urgente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail