Google tradutor

Ricardo Eletro

Reconhecimento: Yamana garante vaga no Comitê da Bacia Hidrográfica do rio Itapicuru

A Jacobina Mineração e Comércio (JMC), empresa da Yamana, foi eleita para integrar por mais dois anos o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Itapicuru (CBHI), representando o setor de mineração. Realizada em 14 de março, a eleição garantirá a continuidade da contribuição da companhia nas discussões promovidas pela entidade, com o objetivo de assegurar a qualidade e disponibilidade da água na região.

A bacia hidrográfica do rio Itapicuru abrange 55 municípios do Estado da Bahia, dentre os quais, três contam com unidades da Yamana. “Há cinco anos, fazemos parte da diretoria do comitê atuando na vice-presidência. Às vésperas do Dia Mundial da Água, é muito gratificante receber a confirmação de que continuaremos a compor um grupo tão estratégico na gestão deste recurso de valor inestimável. Teremos como meta construir o Plano de Bacia e operacionalizar as Câmaras Técnicas, comissões temáticas que subsidiam tecnicamente os conselheiros em suas decisões,” afirma Leonardo Muritiba (foto), coordenador de Meio Ambiente da unidade.

Utilização responsável

A JMC reutiliza 96% da água necessária no processo de mineração, consumindo apenas 10% de água nova, volume autorizado pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). Esta marca é resultado do comprometimento de todos os colaboradores em zelar pelo consumo racional do recurso.

O interesse pelo uso consciente dos recursos hídricos está presente dentro e fora da mina. A empresa é aliada no abastecimento de Jacobina, atuando em parceria com a Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A. (Embasa). “Captamos 90% a menos do que está autorizado pelo Inema e o restante é mantido como fluxo do Rio Cuia ou direcionado para a estação de tratamento da Embasa em períodos de estiagem, contribuindo com o serviço oferecido à população,” explica Muritiba.

Sobre a Yamana

A Yamana é uma empresa produtora de ouro com sede no Canadá. Tem significativa produção de ouro e áreas para produção deste metal em estágio de desenvolvimento, além de áreas em pesquisa e direitos no Brasil, Chile, Argentina, México e Colômbia. O plano da Yamana é continuar a crescer a partir desta base, por meio da expansão e aumento da produção das minas em funcionamento, do desenvolvimento de novas minas, de avanços nas áreas em pesquisa e permanecendo atenta a outras oportunidades de consolidação de operações com ouro, com foco primário nas Américas.
 
Cidadão do povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail