Google tradutor

Ricardo Eletro

Pais são presos após bater em filha que namorava jovem negro

 Racismo: jovem negro e adolescente loira são agredidos por conta de relacionamento | Foto: Reprodução Internet

Inglaterra -  David e Frances Champion foram condenados a um ano de prisão após agredir sua filha de 17 anos que namorava um rapaz negro, em Swansea, no Reino Unido. Segundo o casal, a filha havia "envergonhado" a família com o namoro. Aflonce Ncube, o namorado, também foi agredido pelo casal.
Jane Champion teve seus cabelos puxados, a garganta apertada e levou vários socos no rosto; já seu namorado levou vários chutes nas pernas enquanto ouvia os comentários racistas. A justiça condenou o pai de Jane a 12 meses de prisão e sua mãe a nove.
Os jovens foram atacados após serem flagrados sem roupas na casa da família de Jane. O pai da adolescente gritou insultos racistas, bateu e chutou Ncube para fora de sua casa. Após, agarrou sua filha pelos cabelos e disse que a garota havia envergonhado a família. A jovem ficou na casa de sua avó até que as coisas se acalmasse, depois voltou a viver com os pais.
Um mês depois do incidente, seus pais a confrontaram em frente a um pub, eles queriam saber se a jovem ainda se encontrava com Ncube. Ao dizer que sim, Jane ganhou de seu pai um soco no rosto. Enquanto isso, sua mãe dizia: "Você merece isso, é tudo sua culpa". A adolescente tamb=ém foi agredida pela mãe.
Os pais da garota foram até o restaurante onde Ncube trabalha como garçon. Lá, gritaram com o jovem até serem expulsos do estabelecimento, mas continuaram batendo no vidro do lado de fora.
Segundo o advogado do pai de Jane, John Hipkin, seu cliente estava errado. A defensora da mãe, Georgina Buckley, afirmou que sua cliente estava arrependida e que ela tinha ingerido álcool antes de confrontar a filha.Daily Mail.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail