Google tradutor

Ricardo Eletro

Guarda Municipal de Salvador começa a atuar armada a partir de segunda-feira

Diferente de policiais, os guardas terão autorização para portar armas apenas fardados

A partir de segunda-feira, os guardas municipais de Salvador começarão a andar armados. Ontem, na cerimônia de entrega do porte de armas a 96 membros da corporação, a secretária de Ordem Pública, Rosemma Maluf, adiantou que  à medida que os guardas forem sendo treinados e equipados com o armamento, uma pistola 380, serão deslocados da função de segurança patrimonial para a presença em praças e locais turísticos. “Temos guardas na portaria de prédios públicos, tomando conta de paredes. Vamos contratar, aos poucos, empresas terceirizadas de segurança patrimonial, e colocar os guardas nos espaços públicos, na orla, nas praças, perto do cidadão”, disse. O número de armas adquiridas não foi revelado. Os guardas ganharão também colete à prova de balas. Diferente de policiais, os guardas terão autorização para portar armas apenas fardados, no horário de serviço. Ontem, o prefeito ACM Neto ressaltou o papel da Guarda Municipal na segurança. “Estando nas praças, nas estações de ônibus, na orla, nos locais de grande circulação, a Guarda está protegendo o patrimônio público, mas também contribuindo para reforçar a sensação de segurança”, disse. Segundo a prefeitura, hoje a Guarda atua em 14 das 40 praças de grande porte da cidade — sendo 24 horas no Campo Grande e Largo de Roma. A corporação tem efetivo de 1.296 homens, 40 viaturas e um ônibus. 

 correio24horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail