Google tradutor

Ricardo Eletro

Estudantes participam do I Fórum Estudantil de Saúde

 Como parte das ações do Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio, o Colégio Estadual Ernesto Carneiro Ribeiro (CEECR), do município de Saúde, realizou nesta terça-feira, 19, o I Fórum Estudantil, com o tema, ‘Juventude, Reafirmando Valores’.
O evento, que durou todo o dia e contou com as presenças dos docentes e discentes daquele estabelecimento de ensino, foi marcado por oficinas, apresentações culturais e palestras sobre temas relacionados à vivência, o cotidiano e as inquietações dos jovens na atualidade.
O Pacto pelo Ensino Médio é uma parceria do Ministério da Educação (MEC), com a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (Sec-Ba), intermediada pelo Ins­ti­tuto Anísio Tei­xeira (IAT) e tem como objetivo promover a valorização da formação continuada dos professores e coordenadores pedagógicos que atuam no ensino médio público, nas áreas rurais e urbanas, em consonância com a Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional (LDB) e as Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio.
Na Bahia, o Pacto funda seus pilares ancorado na política de formação continuada de professores da Secretaria da Educação, reconhecendo a escola como lócus de formação, valorizando e ressignificando o projeto político pedagógico da escola e o espaço da Atividade Complementar (AC) como instrumentos do planejamento, execução e aprimoramento da práxis docente.
O jornalista e historiador, Gervásio Lima, foi o convidado para proferir palestra sobre ‘a inserção do jovem no mercado do trabalho’ e o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC´s). Gervásio destacou a necessidade da continuidade dos estudos e a participação dos jovens nos mais diversos cursos oferecidos pelos governos estadual e federal, como os do Pronatec - Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego. Para ele, a inserção dos jovens no mercado de trabalho, em empregos formais e de qualidade, e com garantia de permanência na escola ainda é um desafio, mas com força de vontade e foco no que se pretende ser é possível a conciliação.
Quanto ao uso da mídia na sala de aula, o jornalista ressaltou a inclusão de recursos digitais em salas de aula como forma de aumentar a comunicação entre estudantes e professores, proporcionando assim benefícios na aprendizagem. “É possível usar vídeo, áudio, fotografia e outros recursos para mostrar mais detalhes e curiosidades sobre o assunto estudado. Ao conhecerem as diferenças existentes nas linguagens utilizadas em sala de aula ou extraclasses, os estudantes terão uma percepção mais ampla do que está sendo oferecido”, salientou.
Abordando a temática ‘Juventude no Contexto da Sustentabilidade, a técnica social da Ebda, Evanice Lopes, destacou a importância da participação dos jovens nas discussões de ações sustentáveis, principalmente no que diz respeito ao tripé das dimensões ambiental, econômica e social. Segundo Evanice, para que aconteçam as mudanças esperadas é preciso que os jovens participem efetivamente das transformações do município, individualmente e coletivamente, colocando em prática ideias de desenvolvimento sustentável.
Outros temas como ‘Juventude e Redes Sociais’,  ‘A Escola que temos a Escola que queremos’,  também fizeram parte da programação do Fórum. A partir das discussões entre os alunos, ficou acertado o início de uma mobilização para a criação do Grêmio Estudantil do Colégio Ernesto Carneiro.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por e-mail